14 – Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes; isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez. Em outras palavras, não fique repetindo a mesma idéia.

15 – Seja mais ou menos específico.

16 – Frases com apenas uma palavra? Jamais!

17 – A voz passiva deve ser evitada.

18 – Use a pontuação corretamente o ponto e a vírgula especialmente será que ninguém sabe mais usar o sinal de interrogação

19 – Quem precisa de perguntas retóricas?

20 – Conforme recomenda a A.G.O.P, nunca use siglas desconhecidas.

21 – Exagerar é cem bilhões de vezes pior do que a moderação.

22 – Evite mesóclises. Repita comigo: “mesóclises: evitá-las-ei!”

23 – Analogias na escrita são tão úteis quanto chifres numa galinha.

24 – Não abuse das exclamações! Nunca! Seu texto fica horrível!

25 – Evite frases exageradamente longas, pois estas dificultam a compreensão da idéia contida nelas, e, concomitantemente, por conterem mais de uma idéia central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessível, forçando, desta forma, o pobre leitor a separá-la em seus componentes diversos, de forma a torná-las compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas.

26 – Cuidado com a ortografia, para não acabar com a língua portuguesa.

27 – Seja incisivo e coerente, ou não.

 

Fonte: http://www.lendo.org/27-dicas-para-escrever-bem/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: